Escolhas ruins!!!

Ontem foi Domingo, acho que os Domingos longe da praia, costumam me deixar pra baixo!!!
Tentei escrever algo, mas me sentindo detonado demais, irritado demais, só saiu isso:
“Queria transmitir um pouco de “Luz” pras pessoas, dizer coisas boas e positivas para as pessoas que, assim como eu, sofrem com a Diabetes, mas hoje eu tive minhas dúvidas…Tô com uma forte dor na garganta e talvez por isso, um pouco triste!
Somos falhos, imperfeitos e insatisfeitos, pelo menos no meu caso. Ainda não descobri o ponto certo, aliás muito pelo contrário, esse ponto não parece existir, pelo menos é o que estes meses tem insistentemente tentado me mostrar!!!
Tudo indica que o certo é não ser o que sou, pois tudo me leva ao errado, insatisfatório, prejudicial…até mesmo este comentário!!!
Amo minha família e é por eles que ainda tento lutar, mesmo que este planeta esteja como está e as pessoas sejam quem são!!!
Fui no centro da cidade de São Paulo hoje, comprar umas coisinhas e passear, para pastar as vistas, mas acho que fiz mal!!! Terra feia da pixorra!!! Lugar ruim!!! Juro que até queria comprar mais coisas, afinal o Natal tá aí e o que não falta são presentes para comprar, mas houve rejeição do meu corpo…meu corpo me expulsou daquilo!!!
Fazia tempo que não ia para o centro, até visitei uns amigos na Galeria do Rock, mas a cidade está uma lástima, ou minhas vistas, já tão acostumadas com minha rotina e o isolamento, quase como a de uma criança, se assustaram com tanta nojera!!! O centro de São Paulo é um nojo, um portal para o inferno, um lixo fedendo a mijo!!! Se você é de outra cidade, não perca seu tempo vindo pra essa terra feia, aqui não tem nada que vá te alegrar, beneficiar, ou exaltar seu espírito!!! Não deveria ter ido ao centro, definitivamente…uma péssima escolha!!!”.

Desculpem, mas dessa vez, não deu!!! 😦

Anúncios

4 Respostas para “Escolhas ruins!!!

  1. Todos temos o direito de nos sentirmos imperfeitos, incomodos, angustiados de vez em quando…
    Creio que o importante e nao agarrar ou rejeitar nada do que vivemos pois é aí que a dor se transforma em sofrimento…
    Acho que na nosso vida ouvimos muitas vezes uma frase popular que nossa mãe usava e que nao deve ser esquecida nunca: Lembre-se que tudo passa… até a uva passa!!
    Beijos e espero que já esteja melhor… sempre te visualizo em luz purificadora…
    Te amo!

  2. Oi! Realmente percebo que os blog viaram diários, e isso é ótimo, sabia?
    Podemos desabafar, contar nossos infortúnios e diminuir um pouquinho dessa tristeza.
    Não conheço SP, só Campinas, mas tenho amigos paulistas que vieram para CTBA para respirar ar puro, só não sei até qdo, pois a coisa não anda mto bem por aqui.
    Às vezes queremos encontrar nossa paz e pensamos que podemos achá-la em lugares, cidades, spa’s, praia, enfim. Na real é q se não estivermos em paz com agente mesmo, dificilmente teremos paz.
    O ideal é procurar ajuda psicológica e te digo isso pq já tive de fazer tratamento com antidepressivos. Mas isso é só no início, depois q vc encontrar seu ponto de equilíbrio, vai ver q não necessitará tanto, pois estará se sentindo bem outra vez.
    É só uma questão de tempo.
    Ontem estava assistindo o filme Pacth Adams e gostei de uma frase dita no filme: “Pratique felicidade excessiva”. Pode parecer algo inapalpável, né? Qdo vemos a história desse médico, que aos 40 anos de idade, totalmente perdido e sem perspectiva e sucicida, faz entrada por conta própria num hospital psiquiátrico, nos emocionamos ao ver que ao fim de td ele encontrou seu ponto forte, que era o de ajudar as pessoas e contagiá-las com sua felicidade e carinho. Ele tornou-se um médico brilhante e diferente tb – superou seu limites!
    Gostei, se um dia puder assistir, tenho certeza de q irá gostar.
    Nós tb podemos superar nossos limites.
    Grande abraço,
    Karin

  3. Olá Marcelo,
    hoje lembrei de você e resolvi fazer uma visita. Fiquei um tanto entristecida com o seu desabafo, mas vou entender as suas palavras assim mesmo, como um desabafo.
    Apesar do lamento ainda se descortina a emoção do bravo por detrás das palavras. A luta cansa, mas é luta, o que pressupõe armas. As suas armas são esse amor pela sua família e pela vida. A tua vida é toda arte e o artista tem dessas coisas. Lembra um pouco Fernando Pessoa “..o poeta é um fingidor…”.
    Pois é fingimos o tempo todo as coisas verdadeiras que realmente sentimos. Você é gente, é vida, é sentir, é o que precisa e pode ser. Você é um lutador e, se hoje a cidade te pareceu de “cara” feia, pois que seja. Amanhã pode até mudar. Com certeza mudará se você não esperar muito dela. Um dia falaremos mais sobre o assunto se você me permitir. Por enquanto se permita falar o que pensa pois para outra coisa isto de blog não serve.
    Entenda-se como um homem lutador que de vez em quando esmorece. Afinal é humano, graças a Deus.
    Obrigada por permitir que participe da sua vida à distância. A força que você precisa está dentro de você. Eu ficarei lembrando-o nas minhas preces. Confie e continue lutando!
    Um abraço

  4. Queridas Iara, Karin e Delfina!!! Obrigado pelas palavras, sempre!!!
    A vida tem dessas…e mesmo o um belo de um Mau Humor se faz necessário. Um pouco para desabafar e um pouco para me humanizar!
    Tenho vocês em minhas preces também.
    Um beijo a todas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s