Esperança

Não sou um religioso dedicado, ou o típico religioso, mas mesmo tendo várias provas da existência do invisível, ainda assim, me coloco receoso ao falar deste assunto. Não fui criado para acreditar fielmente, mas para questionar. Questionar o que me é dado e ao que tenho em mãos. Questionar o quanto algo é apenas mau e o quanto é totalmente puro, pois nada se encontra em uma só condição… para sempre! Começo por mim mesmo, nem sempre tive apenas intenções elevadas, já fiz as minhas bobagens mas também, nem nas épocas mais alopradas, deixei de querer bem e ajudar, ou rezar, ou ter palavras de apoio e coragem.

Nem as montanhas, nem as pedras mais firmes sempre foram, ou serão as mesmas, então porque ter tanta fé assim? Fé, não seria acreditar em algo profundamente, uma realidade imutável e incondicional? Não estaria indo contra as leis da evolução deixar de crer na mutação, ao invés da estagnação de uma idéia fixa?

E se Jesus voltasse? Diria as mesmas coisas, ou citaria novas leis e idéias? E se os religiosos do passado fossem tão certos de uma lei divina precisa, será que teríamos a possibilidade de conhecer Jesus e suas idéias tão revolucionárias para a época?

Não, eu não quero criar mais uma nova religião, nem criar uma nova palavra de Deus, nem tão pouco retirar a fé das pessoas, mas me questiono sobre os momentos atuais e suas consequências e penso se uma nova consciência divina com novas possibilidades já não deveria ter surgido? Algo mais pessoal e revelador!!!

Se você tem fé… continue… muito bem…mesmo!!! Mas hoje eu vou chamar a minha fé de esperança… acho que é isso! Sei lá!!!;P

Anúncios

8 Respostas para “Esperança

  1. “A fé é a expectativa certa de coisas esperadas, a demonstração evidente de realidades, embora não observadas.” – Hebreus 11:1.
    A fé q temos dentro de nós é simplesmente a “expectativa certa” de coisas de anhelamos muito e que de fato podem acontecer.
    Para que algumas coisas aconteçam às vezes é preciso esforço e determinação.
    No atual sistema é difícil falar de esperaça sem desesperar-se com o q vemos à nossa volta, mas é possível sonhar e crer em algo muito melhor e mais grandioso.
    Evoluímos quando fazemos nos tornamos melhores pessoas, quando ajudamos alguém, porque não basta acreditar em algo.
    Por exemplo, nós diabéticos temos fé que vamos conseguir a superação, ou seja, conseguiremos ter o controle sobre a debilidade, mas isto exige muito esforço!
    A Biblia menciona que “a fé sem obras está morta”, não basta acreditar em algo, ter esperança, é preciso colocar a mão na massa, ralar, trabalhar duro.
    Temos fé quando temos um motivo para acreditar em algo.
    E aí, qual é o seu maior motivo de estar vivo???
    Abraço,
    Karin

    • Querida Karin… tava com saudades de vc!
      Tinha “fé” que este texto iria te trazer de volta!!!rsrsrs
      Sei lá… não sei qual é o meu maior motivo, pois tenho muitas prioridades. A vida me sopra para muitos lados!:)
      Obrigado por aparecer minha amiga!;)

  2. eu teño fe na forza das persoas, en que unidas se poden conseguir moitas cousas. Teño fe en que se un se mantén agarrado á esperanza a vida é alo moito mellor.
    mais non teño fe en ningun deus nin relixión.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s