Homem ao mar!!!

Olhar o mar é olhar para dentro da gente mesmo!
Talvez você ainda não tenha percebido, pois talvez estivesse acompanhado de alguém, ou entretido com alguma coisa, mas se tiver uma oportunidade de ficar sozinho diante dele, deixe-o mostrar seus problemas… e talvez você se surpreenda com seus reais objetivos de vida.
Ele te mostra você, como se fosse um gigantesco espelho…
Ele é para mim a melhor representação de Deus, além do reflexo de nossa alma.
No mar, somos um com ele e se no fundo… a paz ou o medo aparece, como se nos colocasse à prova.
Se souber usar suas forças ao seu favor… apenas mais uma diversão, mais um dia de adrenalina e desafio.
Se não souber… o medo incontrolável… as vezes o afogamento… e até mesmo o fim!

Anúncios

5 Respostas para “Homem ao mar!!!

  1. Marcelo,

    em primeiro lugar, um ótimo dia e um Natal de muita paz pra você.

    Que surpresa adorável ler seu comentário na minha página! Seu Zé é uma daquelas pessoas que eu adoraria ter conhecido também. Por que você não compartilha as histórias dele? Eu me candidato a querer saber! (Risos.)

    Estou vendo as suas últimas atualizações. Vendo sua foto, aliás, senti vontade de voltar a colocar os pés na areia, depois de tanto tempo. Não sei quando criarei a oportunidade, mas certamente me lembrarei dessa sua recomendação.

    Reli seu comentário algumas vezes. Não porque eu não o tivesse entendido (risos), porém, Marcelo, ele me “rendeu” uma rápida reflexão. Nem imagino se você tem essa mesma impressão, mas acho “mágico” esse poder que a palavra escrita possui de aproximar pessoas e de, até certo ponto, familiarizá-las. Então, quando vi a sua foto hoje, tive uma impressão “curiosa”, e que considero “curiosa” justamente pelo fato de nada saber a seu respeito: você e o mar são um… Fazer essa associação cria uma imagem mental de “sintonia” (risos).

    Gostei do que você escreveu a respeito de o mar ser uma espécie de espelho. Infelizmente, ainda não tenho esse tipo de contato tão próximo com a natureza, mas, muitas vezes, envolvida pelo lirismo dos poetas, pensei no mar como uma extensão do ser humano – tranquilo, sereno… revoltoso, ameaçador, tão imprevisível quanto as nossas próprias reações; tão intempestivo quanto nós nas intempéries da vida. Tão profundo quanto o nosso ser, que ao longo de uma existência inteira mal “desbravamos”. Isso porque é sempre mais confortável ficar “na superfície”, sob a ilusão de se estar seguro…

    Há quem considere, por exemplo, que as profundezas do mar podem ser comparadas ao nosso inconsciente – acoberta espécies de natureza desconhecida para a maioria de nós (risos).

    Acho que podemos divagar bastante a respeito, Marcelo (risos). Por hora, vou ter de encerrar por aqui, ainda pensando não só no mar, mas em tantos outros lugares e/ou situações em que estamos tão entretidos (ou realmente indiferentes) que sequer conseguimos nos encantar com a beleza natural que há nas coisas simples. E, além do mar, quantas outras pessoas são nossos “espelhos” no dia a dia, refletindo comportamentos que temos e que negamos em nós mesmos?…

    Preciso me arrumar para o almoço do Natal!

    Fique bem também! Até já!

    • Eram histórias sem fim as do Seu Zé… Bom homem!
      Valeu a pena conhecê-lo, mas assim como ele, tive a oportunidade de conhecer ótimos contadores de histórias nesta vida… graças a Deus!!!rsrs

      Sim, com certeza a palavra escrita atrai e mexe com a imaginação. Tenho um fraco em especial pelas biografias… estas realmente me fascinam!

      São tantas pessoas que conhecemos e que transmitem conhecimentos, não é mesmo? Porém… o mar, no meu caso, consegue me fazer entrar neste estado meditativo e de profunda reflexão!!!
      É isso aí… até!rsrs

  2. Achei esse post A Minha Cara!

    Decido minha vida de frente ao mar, rpz… uma maravilha!

    e como vc disse “Ele te mostra você, como se fosse um gigantesco espelho…”

    Adorei o post… esse surfista aih é vc? 😉

    • Sendo eu um gorducho que gosta de ondas pequenas e tranquilas e usa um Long 92… não me intitularia um surfista!rsrsrs
      Mas aceito o título de: “Um cara com uma pranchona vermelha!!!”rsrsrsrs

  3. Pingback: Espelho, espelho meu… « Apenas uma andorinha…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s