É hoje… ou não!

Vi quando passou por mim… quase indiferente, se não fosse pela olhada de canto dos olhos e um aceno rápido… imediatamente correspondido por mim… de estranho para estranho, porém, nada demais… respeitoso e distante como tinha de ser, afinal, nunca nos falamos antes.
Já a vejo passar por ali desde de muito tempo atrás… mas nunca tive uma atitude, nosso caso é assim… na base dos olhares! Da distância respeitosa!!!
Poderia ser diferente, se eu fosse menos envergonhado, menos complexado… o que eu ganho por mês deve ser ridículo perto do que ela deve receber com seu trabalho!
O que sei da vida dela é tudo o que vejo nesta esquina, sei pouco o que ela faz da vida fora daqui.
Ela é caprichosa e está sempre muito bem arrumada, de unha feita e cabelo escovado! Linda, cheirosa e pronta pra tudo!

Eu cumpro com o meu papel de ser humano nesta cidade maluca, ando por aí pagando contas, comendo em botecos e padarias… sem grandes novidades, mas aquele olhar… Ah! Aquele olhar…não me sai da cabeça!!!
Até tive uma oportunidade de me apresentar e dizer que eu sabia dela, mas vacilei… era uma noite daquelas em que se encontra os amigos e a bebida rola solta… tão solta, que nem me lembro como cheguei em casa!

Ontem fiquei encanado, não a vi passar…
Não vi aquele olhar, aquele sorriso…
Não a vi passar… e isso me fez tanta falta… me fez tão mal!

Seu olhar me dá forças… me sinto mais disposto!
Aquele sorriso sem palavras… sem uma palavra… apenas um querer bem… um olhar rápido.
Segundos que parecem parar o tempo… segundos eternos!
Nesses poucos segundos, tenho tudo dela… sua atenção, seu sorriso com as mãos nos cabelos… seu perfume!!!
Um aroma leve… que me envolve… sou dela… para sempre… naqueles poucos segundos!

Mas ontem ela não veio… e o dia ficou cinza.
Eu não trabalhei direito, não fiquei feliz… não prestei!

Hoje ela vai passar… e eu vou dizer o que sei… o que ensaiei.
Enfim, tudo aquilo que ensaiei há meses… desde do primeiro olhar!
Hoje, eu talvez diga uma frase completa… clara e objetiva e cheia de intenções!
Hoje, talvez ainda hoje, eu não seja eu de verdade e encene um outro cara… um mais corajoso e mais ousado!
Ainda hoje, talvez eu traga flores e seja o romântico que nunca fui.. e goste de músicas melosas como nunca gostei… e seja bem humorado, mas elegante… como imagino que ela goste!
Hoje… talvez hoje…

Anúncios

3 Respostas para “É hoje… ou não!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s