Encerrando meu Blog.

Obrigado aos que acompanharam meu Blog!
Estou encerrando ele por aqui.
Talvez comece outro, com outro nome, com outras intenções.
Aos Diabéticos… se cuidem, vocês nunca terão a tal da cura.
Aos amigos que conheci por aqui, valeu! Foi bom. Estou por aí, no Facebook e outros lugares, até segunda ordem.
Aos que se ofenderam, a vida é assim mesmo, nem todos conconcordam com nossas idéias e revoltas, as diferenças existem e nos fazem pensar.

Ao mundo… Adeus!

Mudar o mundo… na madrugada!

Se pudesse, você mudaria o mundo? Li na tela do meu computador.
Uma pergunta que me veio por e-mail, de uma pessoa desconhecida.
– Perguntinha difícil a esta hora da madrugada, hein? E ri da mensagem, afinal… nem sequer conhecia o cidadão que me enviara… Um tal de JC!!!
Imaginei… Jesus Cristo? José Carlos? Esta foi boa… Jesus Cristo!!!
O cara é tão falado… poderoso, uma lenda, um objetivo… abstrato demais!!! Pô!!! Ele não deve ter e-mail!!! Ri de novo daquela mensagem. Porém, fiquei incomodado.
Como imaginar algo assim? Tão inexplicavelmente físico? Jesus Cristo me mandou um e-mail… e quer saber se quero mudar o mundo?!!! Assim…. tão simples e ao alcance de minhas mãos??!!!
Pensei nas várias dificuldades humanas, nas doenças, na falta de uma referência viva. Pensei no meu país…. um caldeirão de maluquices e injustiças!!! Pensei nos políticos, nos médicos, nos cientistas, nas indústrias farmacêuticas, na conformidade das pessoas. Na fé inabalável dos mais humildes, na arrogância de quem tem o poder em suas mãos… na eterna luta do bem contra o mal, mesmo não sabendo quem é quem!!!
Imaginei na responsabilidade que tinha em mãos, caso aquele e-mail fosse mesmo real e vindo de Jesus Cristo!!! Já não ria tanto.
Diante do silêncio da madrugada, onde as perguntas e respostas parecem ficar mais profundas… tremi!!! Um leve medo bateu em mim e meu estômago pareceu sentir mais frio do que o normal. Então, falei em voz baixa: – Como responder?
Por alguns segundos imaginei o tamanho da responsabilidade que seria dar uma resposta justa e que trouxesse alegria e paz, para milhares de pessoas.
Nesta hora, com uma conseqüência de proporção mundial, a gente se sente inseguro! Vi se formar em minha mente, milhares de pessoas em condições terríveis! E, se pensar bem, nem precisava ir tão longe…. nem mesmo fora de meu país, ou estado… era passear de carro e, em menos de 15 minutos, visualizaria as piores cenas de aparentes injustiças e sofrimento. Na pobreza física e cultural… milhares de pessoas sem rumo e sem esperança!!!
Mudar o mundo? Mudar era fácil… mas como torná-lo melhor, sem que as próprias pessoas beneficiadas por esta mudança, não retornassem à mesma?
Teríamos condições de sustentar a mudança? De não tornar a estragar o possível paraíso que imaginara?
Tenho um e-mail em mãos e a possibilidade de mudar o mundo, mas ainda não consegui respondê-lo…
A madrugada é mesmo perigosa… mexe com a cabeça da gente!
De qualquer forma… se você acordar se sentindo diferente, onde o mundo ficou inexplicavelmente melhor, pense que talvez eu tenha respondido o tal do e-mail. Porém, para mantê-lo sempre igual, ou melhor… depende muito de você, assim como foi para mim.

Obrigado!

E o tempo passa… imperceptível e discretinho.
Nos seus olhos um pouquinho de mim… e um outro pouquinho de quem eu tanto amo.
Me divirto ao lembrar de suas brincadeiras, de seu amor por mim… tão saudável e revigorante.
Já nem sei quem procura quem, na busca de carinho, de um abraço… de alegria!!!
Sua presença preenche minha alma e meu rosto ilumina mais do que o seu… mas eu ainda disfarço melhor!!!rsrsrs
Voltar é tão bom… tão melhor do que partir!
Estejam sempre assim… simples e queridos!
Você, por suas descobertas, a outra pelas conquistas e aquela outra por um amor incomparável!!!
Se hoje fosse meu último dia… seria a pessoa mais feliz do mundo, não pelo fim, mas por este amor gigante e único que carrego em minha alma!!!
Obrigado!

Sabedoria Coletiva

Seus motivos e motivações podem não ser os mesmos que os meus, mas uma coisa é certa, sem isto, porque continuar?
Olhe o que move as pessoas, observe o perfil de cada uma em um Facebook, por exemplo e tudo parece se repetir… um padrão… uma constante repetição.
Como se fôssemos crianças aprendendo com as repetições nos vemos falando e fazendo sempre as mesmas coisas, mesmo sem perceber.
Uns gostam dos filhos, outros de aventura, outros ainda de baladas… e suas vidas se repetem… um ciclo maluco!
Uns se aprofundam na dor, outros através de frases que geralmente querem dizer as mesmas coisas.
Uns vangloriam Deus, outros enfatizam o quanto são ateus, mas todos parecem viver dentro de suas bolhas de plástico, assim como os Hamsters em suas rotinas de comer, esconder coisas e girar naquelas roletas que nunca levam a lugar algum!!!
Não! Eu por minha vez, não sou diferente… pode crer!!! Ando em meu próprio eixo, “errando” e “acertando”, sempre com as mesmas questões e dificuldades.
Se houver uma inteligência superior que realmente avalie esta questão, deve se irritar profundamente, ou se divertir muito, ao ver o quanto somos insistentes em andar em círculos e nos deparar com as mesmas dificuldades, assim como, também, em nos alegrar e rir das mesmas piadas, como um novo episódio do Chaves, onde a verdadeira graça é o fato de sempre acontecer a mesma coisa.
Só posso admirar aquela velha história do Rei Salomão, que ao invés de pedir riqueza e bens materiais, pediu Sabedoria!!!
Avaliar o quanto isto foi incrível é, mesmo, algo inacreditável! Pois diante do que vemos acontecer em nosso Mundo… fortuna parece mesmo a melhor saída…sempre!!!
Porém, Sabedoria é algo interessante e poderia fazer toda a diferença para a humanidade, porque, mesmo não estando aqui em nome desta humanidade, imagino que se hoje um Deus me desse a oportunidade de realizar um desejo, não pediria Sabedoria apenas para mim, mas a pediria para todos, indiscriminadamente.
Seria uma Sabedoria Coletiva e mundial, onde todos pudessem enxergar com clareza os melhores passos a serem dados. Todos usariam o melhor de si em prol de si mesmos e do coletivo.
Entenderíamos o porque de muitas coisas e beneficiaríamos uns aos outros, sem sermos invasivos ou desmotivadores, pois entenderíamos que cada pessoa deste planeta é uma peça, uma engrenagem útil e única.
Saberíamos sobre a Cura de várias doenças e nunca nos beneficiaríamos da desgraça alheia, pois entenderíamos que não é sábio nos favorecer da dor e nem da miséria de nenhum Ser Vivo.
Teríamos boas escolas públicas e bons hospitais. Nos orgulharíamos de sermos um planeta saudável e em busca da igualdade, mesmo nos depararando com as óbvias diferenças. Seríamos motivados em saber mais e possuir menos, andando em equilíbrio com a natureza e com a urbanização.
Teríamos orgulho em sermos um Planeta evoluído e equilibrado, onde o sensacionalismo, a miséria humana, o descaso e a soberba não teriam espaço em nossas mentes ocupadas em andar à favor e em Harmonia com todos os assuntos relacionados à Sabedoria Coletiva!!!
Creio que estejamos apenas aprendendo, talvez toda a dor e sofrimento poderá um dia ser apenas uma história antiga, assim como as de um Rei… que um dia foi o mais Sábio de todos os Sábios!!!

14 de Agosto – Blogagem Coletiva pela CURA do Diabetes!!!

Hoje eu tive um sonho, mas não foi nada bom!!!
Sonhei que corria e corria… desesperado. Fugia de um país injusto, onde as pessoas sofriam e viviam precariamente.
Lá, elas tinham doenças incuráveis, eram desrespeitadas, abusadas… tratadas pelos doutores e cientistas como lixo!
Estes, que deveriam ser considerados, respeitados e queridos naquele lugar eram, na realidade, profissionais arrogantes e gananciosos, pois suas reais especialidades não eram direcionadas para a CURA e o bem querer ao ser humano, assim como suas promessas ao se formarem pediam, mas na verdade, lutavam para manter seus “pacientes” escravizados à eles.
Os hospitais públicos eram desorganizados, com médicos indispostos e estressados, tudo em plena degradação!!!
Tive medo, senti desespero… e corri!!! Tentava fugir.
Acordei suado e com a glicemia alterada… explodindo!!!
É…ainda não há Cura, não há interesse e nem explicação!!!
Não, meus amigos… não era um sonho… aquele INFERNO que sonhei não era apenas uma ilusão… esse INFERNO é real… e é aqui!!! E sabe de uma coisa?! É ainda pior!!!
Continuem pensando em CURA, continuem pedindo a CURA!!!
O descaso e a falta de medicações em Postos de Saúde e Hospitais Públicos são um fato… que infelizmente tende a piorar!!!
Passou mais um mês e nada mudou!!! Nada, em absoluto!!!
O que conseguiremos com nossas manifestações? Bem provavelmente coisa alguma, porém, não dizer nada sobre o nosso fracasso, torna nossa derrota ainda maior!!!
Peço a CURA por você, pelas crianças pequenas, pelos que sofrem… por mim mesmo… por todos nós… pode crer!!!:(

Amor ao próximo!

Devo estar ficando maluco mesmo! Não é possível!!!
Hoje acordei sentindo Amor!!!
Não! Não pense que encontrei uma religião, uma palavra especial, ou um Monge Tibetano no alto da montanha… definitivamente não foi isso! Até gostaria… mas, não foi isto!
Contiunuo o mesmo errante de sempre… talvez procurando uma verdade, talvez procurando uma Luz Especial, talvez apenas caminhando e sendo feliz a cada belo pôr do sol no horizonte, com seus raios alaranjados!!! Simple assim…
Hoje é um dia especial, mas nada mudou, tão pouco aconteceu algo inesperado… apenas acordei assim… contente com a rotina!!! A mesma que destrói os dias e os amores!!!rsrs
Sei que ainda somos frágeis… algumas coisas não me deixam esquecer!!!
Mas hoje, sinto um Amor simplinho e saudável…Daqueles que admira o mar e o sol refletido em suas ondas… a representação mais poderosa de Deus, em minha opinião!!!
Um Deus sem preconceitos, amarras e lemas impostos… Deus imparcial e provedor deste tal Amor, mas assim, distante, calmo e sem uma expressão humana, ou que demonstre algo humano…apenas o Amor Incondicional! Livre das barreiras, assim… Amor!!!
Amor, que é igual a Gratidão!!!
Um dia destes, comecei a gritar CURA para todos os cantos… desesperei, me emocionei, me entristeci, fortaleci algumas amizades… e sabe de uma coisa? Mesmo que eu morra sem nunca vê-la se concretizar… valeu!
No dia 14/07/2011 será nosso dia… dia oficial de pedir a Cura do Diabetes, mais do que simplesmente o dia de se “comemorar” o Diabetes, mas pedir sua extinção!!! Uma campanha simples e cheia de Amor ao próximo, pois é isso que nos move, o desejo verdadeiro de ver os muitos milhões de brasileiros que passam por este problema, CURADOS.
Em nossas discussões, lembramos muitas coisas importantes, como o fato de que após a primeira aplicação da insulina, em 1921, nada mais aconteceu de interessante, apenas maneiras mais modernas de aplicá-la!!! E muita promessa de CURA!!!
A pergunta é: Onde, ou melhor, QUEM está impedindo que a CURA aconteça? É a falta de conhecimento cietífico [incapacidade]? Não há investimento? É o desinteresse completo da Indústrias Farmacêuticas em desenvolver uma CURA, já que somos uma fonte de renda mais do que interessante?
Somos vistos como apenas um pedaço de carne ambulante, tal qual os rebanhos… mas sem pâncreas? Imagem muito ruim para mim, já que sou vegetariano… mas, que se torna ainda pior em minha mente quando penso o mesmo descaso aos nossos semelhantes!!!
Ao lembrar deste descaso, eu sinto pena da raça humana, pelo que ela tem passado e os estranhos rumos que o mundo tem tomado!!! Talvez sempre tenha sido assim mesmo e, com a minha maturidade, isto tornou-se mais óbvio.
Que a Campanha pela CURA aconteça no dia 14/07… e prossiga. Que os Diabéticos continuem se cuidando, mas exijam a CURA e, mais do que isto, que sejamos ouvidos e tratados com interesse pelos Cientistas. Que eles prossigam no rumo certo! Que a Indústria Farmacêutica ganhe seu dinheiro justo, mas produza algo que nos CURE e o Governo a distribua, pensando simplesmente em seu povo. Assim, neste dia, seremos todos plenos, felizes e realmente saudáveis!!!
Façam seus Posts no dia 14/07… não apenas por você, mas por toda a humanidade… pode crer!!!;)

Preconceito é uma merda!

Estava em paz… daquela que não se estranha ninguém!
Não carregava quase nada, então não tinha muito o que perder. Mas, gelei quando aquela figura se aproximou.
Homem de rosto muito preto do sol, rústico e sofrido, de roupas opacas e surradas…
Numa mão uma garrafa, na outra um cigarro, que liberava uma quantidade impressionante de fumaça… fazendo com que eu quase não o visse detrás daquele fumacê… talvez de palha… talvez não…
Era uma figura que dava medo por sua truculência, daqueles medos de criança… do bicho papão… do homem do saco…
Se não fosse quem sou, se não tivesse a firmeza e a vivência que tenho… fugiria assustado. Engraçado como esses medos somem da gente com o decorrer do tempo!rsrs
Chegou atrapalhado, espalhando fumaça e mal hálito… mas num silêncio e uma humildade de dar dó.
Tive a sensação por um instante de ser coisa de outro mundo… uma visão…
Para não me comprometer, do jeito que tava… continuei!
– Bás tarde moço! Disse com sua voz grossa e catarrenta.
Balancei a cabeça, concordando sem deixar transparecer a alma boa que eu tenho. Preferi ser distante, com a melhor cara má que podia… que nem de longe assustaria aquele caboclo… acostumado com a própria… bem mais intensa!!!
Seu olhar avermelhado e remelento e seus dentes estragados, não condiziam com a força de sua voz.
Retirou seu chapéu sofrido de vaqueiro, limpando o suor que lhe escorria pela testa e puxou assunto:
– Tá fazendo o que por estas terras, mizinfi?
– Ai cacete! Pensei arrependido de ter saído com a ingênua intensão de tomar um solzinho no meio daquele fim de mundo. Só queria curtir o meu silêncio na presença de alguém… continuar sendo o bom observador invisível de todas as tardes… mas agora isto era impossível… fui descoberto do meu esconderijo fechado a céu aberto!
Olhei com meu olhar de poucos amigos, daqueles de paulista, que não gosta de intimidade e respondi:
– Ainda nada… só admirando o marzão!!!
– Tá é certo! Respondeu dando um trago na sua garrafa com um dos olhos fechados e o outro sempre ligado em mim.
– Cê tá de passeio? Continuou sua entrevista sem a minha autorização.
– Mas porque esse daí quer saber tanto? Porque comigo, senhor? Pensei inconformado com a atitude intrometida do estranho.
– Tô! Respondi sem muita certeza se deveria.
– Cê é de Sumpaulo?
Se ele soubesse como é difícil responder tanta coisa… ainda mais para uma pessoa que vem de uma cidade desconfiada e judiada como a minha!!! Em São Paulo aprendemos que informação demais é ruim. Como deve ser bom ser de cidade pequena… as conversas, muitas vezes, são apenas conversas.
Olhei na cintura do indesejável entrevistador e vi que ele carregava um facão… Opa!!! Pensei. E mais uma vez, meus sentidos já tão acostumados a serem desconfiados… apitaram, ou melhor, berraram!!!
Ei! Não me julgue, afinal, no meu lugar você poderia ter a mesma reação! É uma somatória fácil de se fazer na minha terra: Homem feio + roupa surrada + bebida + fumaça suspeita + facão = “Perdeu Playboy”!!! Mas podia ser também: Filmes brasileiros com violência exagerada + Cabeça traumatizada de besta que vive em uma cidade violenta + Frazesinha cretina de filmes brasileiros = Um idiota preconceituoso completo, por julgar precipitadamente as intenções de um estranho com a aparência simples!!!
Não! Ele não queria nada de mim… apenas uma prosa rápida enquanto bebia sua água… Não! O cigarro não era mesmo de palha e depois de um dia inteiro de trabalho pesado, ele disse se sentir aliviado, com aquele fumo, de suas muitas dores no corpo… O facão fazia parte de seu instrumento de trabalho, assim como o notebook de qualquer trabalhador da minha cidade… É! Batemos um bom papo aquele dia… o que me deixou bastante feliz, pois ele era uma pessoa simples e tranquila… Sim!!! Preconceito é uma grande merda!!